sexta-feira, 24 de fevereiro de 2012

Ponto final!

Cabo Mondego 

Ainda o Carnaval

(1ª página)Gente in Diário as Beiras
24-2-2012 
Mais fotos aqui. 

O acaso ditou que me apaixonasse pelo projecto ABFM


ABFM

Na altura fui convidado pelo Nuno Trovão que mostrou interesse e confiança no meu trabalho. A resposta foi imediata - sim. No entanto, fui para casa a falar sozinho e a pensar: mas que raio viu este tipo em mim que possa ajudar a Associação de Bodyboard Foz do Mondego. Nem me conhece bem, enfim! Ele lá sabe. Espero justificar a sua aposta pensei eu com os meus botões…
Bem, o meu objectivo passa por ajudar a Associação de Bodyboard Foz do Mondego a ser mais capaz.  Ponto final!
Trabalhar por amor à camisola cansa, mas dá uma satisfação das caraças! O barco não anda ao sabor da maré, tem rotas bem traçadas a responsabilidade é de alguém que tem a coragem e a capacidade de mover montanhas para alcançar os objectivos a que se propõe. Falo de Nuno Trovão.  
Não sei o que ele significa no panorama nacional da modalidade, mas sei o que significa no seio da ABFM – isso para mim  é o relevante. 
Na minha óptica  a ABFM são pessoas e só depois Bodyboard. Foram essas mesmas pessoas que tornaram possível o SEAT FIGUEIRA JUNIOR WAVE FEST entre outros eventos.
Falar de nomes como: Luís “Porkito” Pereira, Fábio “Marreta” Laureano, Jaime Jesus, Bernardo “Xouriço” Jerónimo, Miguel Adão entre outros é falar de atletas da ABFM, aliás é falar de Bodyboard português de excelência.
Maior que a alegria de saber que o Bodyboard é o desporto que mais resultados de relevo acarreta para a minha cidade – Figueira da Foz é a alegria de ver sábado após sábado todos aqueles miúdos a treinar na praia com um sorriso de orelha a orelha. Aqui também destaco um nome – Ruben “Natas” Cabral.

PS: Trovão, vi o teu email estou a trabalhar nisso. 

segunda-feira, 13 de fevereiro de 2012

sexta-feira, 10 de fevereiro de 2012

Ainda bem que só existe 999 “fotógrafos” na Figueira

Gentes do Sal de Paulo Mesquita

Hoje, fui ver a exposição de Paulo Mesquita um fotógrafo figueirense que mostra o seu olhar sobre as Salinas do Mondego –“GENTES DO SAL”.
 “GENTES DO SAL”: “é uma narrativa fotográfica desenvolvida nas Salinas da Figueira da Foz, cujo objectivo é “captar a essência do Sal e dos seus intervenientes…”
15 fotografias em p/b é a amostra fotográfica de Paulo Mesquita que está patente ao público no Núcleo Museológico do Sal da Figueira da Foz até Março.
Agrada-me particularmente a base desta narrativa fotográfica - o foto documental. No entanto, confesso que senti uma enorme dificuldade em encontrar um fio condutor nesta história.
Na minha óptica a exposição vale pelos momentos individuais que o Paulo captou, e bem. Ponto final!
Parece-me que o p/b foi uma escolha feliz do autor. Consigo imaginar aquelas fotografias sem os tons “acastanhados” que na impressão as fotos adquiriam. Que belas ficariam com uma variada gama de cinzentos até aos negros mais profundos, mas isso é outra conversa.  
(Actualmente) Na Figueira faz falta uma coisa - originalidade!
Dizia-me um colega um dia: “Oh Pedro na Figueira é só fotógrafos.” Fiquei sem saber o que dizer. Encolhi os ombros, e disse epá ainda bem que só existe 999 fotógrafos na Figueira. Mas, olha já que falas-te de fotógrafos figueirenses fica atento ao trabalho de Alfredo Muñoz de Oliveira e de João Serpa.
Fotografia figueirense na ausência dela própria. Não! Obrigado.
Se calhar devia seguir o conselho do (d)irector da capital: “Pedro veja o que diz. A sua sinceridade, frontalidade vai prejudicá-lo, e muito. Não é que não tenha razão…”.

Bem, quando forem fotografar não deixem o coração em casa...

É Carnaval ninguém leva a mal, mas atenção! (parte II)

Pedro Passos Coelho 

quarta-feira, 8 de fevereiro de 2012

sexta-feira, 3 de fevereiro de 2012

Ponto Final II

Praia de  Buarcos
Hoje o dia acabou em Buarcos. Bom fim de semana! 

Paulo Macedo no Hospital Distrital da Figueira da Foz

Paulo Macedo, ministro da Saúde 
O ministro da Saúde Paulo Macedo,  presidiu à tomada de posse  do conselho de administração do Hospital Distrital da Figueira da Foz .
"O ministro da Saúde, Paulo Macedo disse esta sexta-feira, na Figueira da Foz que o Hospital Distrital (HDFF) vai manter o hospital de dia oncológico bem como a urgência médico cirúrgica, cujas instalações vão ser alargadas".´

Era uma vez a mercearia da Dona Olinda...

Mercearia  da Dona Olinda  

Situada na  Avenida Remígio Falcão Barreto a mercearia da Dona Olinda fechou as portas ao público no inicio deste ano. São boas as recordações que guardo daquela casa. 

Sábado era dia de ir ao recado com a tia Júlia. Ai que saudades das bolas de neve que a Dona Olinda metia-me no bolso: "Vá, hoje, levas bolas de neve! Os caramelos ficam agarrados aos dentes", dizia a senhora.

Era uma vez a mercearia da  Dona Olinda, a última a fechar as portas ao público da Cova-Gala.


Joana&André